September 25, 2017

Please reload

Posts Recentes

POESIA - 1º COLOCADO: "Quando preciso ser forte, preciso ser fraco"

November 9, 2017

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

"Ser Homem" e o Exemplo de Björn

September 4, 2017

 

Iai pessoal!

Então, a digressão abaixo é um pensamento que tive recentemente, sobre coisas que facilmente surgem à mente quando se está nessa fase entre jovem e jovem-adulto. São apenas questionamentos sinceros de um jovem que quer crescer e se tornar o Homem que Deus o fez para ser. Aí vai:

 

 

SER HOMEM

 

Como eu queria
Que meu Eu do futuro viesse
E me dissesse no que eu estou errando
E porque ainda não sou o Homem que quero ser
E me batesse, se fosse necessário ate eu entender...

Porque eu não quero ser assim
Espero eu que, pelo menos ele, o do futuro, já tenha aprendido as lições que eu tanto almejo
Pois o Eu presente, esse sofre, 
Na expectativa de entender
Como fazer para ser
Aquele Eu que, um dia, como prometido ao seu coração,
ele será, digo, eu serei...

Serei mesmo?
A angústia da incerteza toma conta
Ter alma de menino ferido ao invés de alma de homem cicatrizado
Menino, ingenuo e imaturo
Ao invés de Homem, experimentado pela vida

Não quero mais ser menino!

Tantas coisas que eu fiz
Foi em vão? Nada serviu?
Quantas cicatrizes preciso acumular
Para ver, sentir e ser verdadeiramente Homem?
Como é Ser Homem? Não sei, só sei que não Sinto Ser... 
Mas quanto de Homem há em mim? 
Boa pergunta...

Talvez, um dia, quando menos esperar, apenas olhe pra mim
E, vendo tantas marcas e aprendizados, e quem me tornei, eu possa finalmente dizer:
Eu sou um Homem!

---

 

"Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino."
1 Coríntios 13:11

 

Ragnar e Björn

 

         Originalmente, esse post não tem intenção de ser uma análise, como faço nas Conexões, mas quero apenas comentar um pouco sobre a imagem. Nela, encontram-se Ragnar Lothbrok e seu filho Björn Ironside, da série Vikings. Pessoalmente, acho que são bons exemplo disso que quero dizer. Ragnar, homem experiente, procurou crescer com cada experiência, cada fracasso e cada vitória. Se tornou famoso rei de Kattegat por seu próprio mérito. Björn, seu filho, idolatra a seu pai e manifesta claramente o desejo de crescer e experimentar da juventude; porém, também a impulsividade e imaturidade nas decisões.

 

         Björn sempre pedia, quando criança, para participar das batalhas e conquistas junto de seu pai, sendo sempre impedido, pois ainda não era o tempo. Porém, anos depois, já crescido, pode participar das batalhas junto de seu pai e amigos, e assim começa a acumular suas próprias cicatrizes e experiências. Björn começa a entender o que é o campo de batalha: o sofrimento, o sentimento de esforço e conquista, mas também o que é a derrota e a morte de seus companheiros. Os sentimentos que antes via apenas nos outros, agora ele os tinha em si mesmo, em seu próprio olhar..

 

 

        Pela experiência, vai surgindo ali o homem que Ragnar já sabia habitar em seu filho, mas que precisava passar por algumas coisas para que despertasse. Pouco a pouco, Björn vai assumindo fala e jeito e homem, aprendendo a tomar decisões como um verdadeiro Homem, à semelhança de Ragnar, seu grande exemplo.

---

        Para os rapazes, fala-se muito sobre tornar-se homem e deixar de ser menino. Todos sabem que isso envolve mais do que apenas crescer em estatura e engrossar a voz. Crescer e ser Homem é mais profundo: envolve mudanças em diversas dimensões da vida, como falar, agir, pensar, ter, Ser etc. Nem sempre é claro, porém, qual é a essência de ser Homem e não mais menino. Ser um Homem de Deus e não mais um menino/rapaz de Deus...

 

      Ainda não tenho uma resposta para dar, mas há uma frase que li no livro "Discipulado", de Bonhoeffer, que tem me ajudado bastante nessa reflexão:

 

"Só o que crê é obediente. Só o obediente crê."

 

      Podemos considerar o crer como a essência, e o obedecer a manifestação visível dessa essência. Porém, Bonhoeffer mostra que a manifestação visível (a obediência) não é apenas um resultado da essência, mas também é a retroalimenta e é pressuposto para ela. Essa é a natureza inseparável da essência e daquilo que aparece.

 

       Dessa mesma forma também, creio que o Ser Homem está tão intrinsecamente ligado ao Agir Homem que um se torna pressuposto do outro, e que se um lhe falta, pode-se investir no outro para consegui-lo. A frase ficaria assim:

 

"Só o Homem pode Agir como Homem; só o que Age como Homem É, de fato, Homem."

 

ou

 

"Para Agir Homem, deve-se Ser Homem; Para Ser Homem, deve-se Agir Homem." 

 

        Duas frases, duas ideias inseparáveis, que devem sempre ser colocadas juntas, o Ser e o Agir. É assim que tenho encarado essa difícil questão. É uma resposta? Definitivamente não, mas aponta numa direção, e acho que isso já ajuda, rs. No mais, Seja Forte, Corajoso e não desista!

 

Ganbatte Kudasai (Esforce-se!)

 

--

 

por Alan Keuce

 

"Seja alguém de quem o mundo não é digno"(paráfrase Hb.11.38)

 

Please reload

Siga
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now