September 25, 2017

Please reload

Posts Recentes

POESIA - 1º COLOCADO: "Quando preciso ser forte, preciso ser fraco"

November 9, 2017

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

O Chamado Missionário em RWBY

February 17, 2016

 

  

        Olá pessoas, a Paz! Hoje, vou falar sobre uma série bem pouco conhecida chamada RWBY. Apesar de pouco conhecida, gostaria que vocês prestassem atenção em algumas coisas que refleti a partir dela. Primeiro, então, uma breve sinopse:

 

       RWBY é uma série animada Americana criada por Monty Oum pela Rooter Teeth Productions. A série acontece no mundo fictício de Remnant, lugar cheio de forças sobrenaturais e magia. A série foca no time RWBY, formada por Ruby Rose e suas amigas. Na história de RWBY, as protagonistas são jovens que ingressam numa academia para aprender e aperfeiçoar suas habilidades e lutar contra as forças sobrenaturais do mal, que ameaçam o mundo.

----

      Na história, assim como em muitos outros animes, as jovens protagonistas são apresentadas com um imenso potencial, porém sofrem restrições por parte de alguns, por serem jovens e inexperientes, enquanto são apoiadas por outros, que olham para este potencial e as ajudam a alcançá-lo. Elas são jovens que vem os problemas do mundo, todas as ameaças à paz que vão surgindo, vilões poderosos prontos para atacar seus amigos... Diante de tudo isso, outras personagens da história são apenas coadjuvantes, sem muito envolvimento na batalha. Mesmo assim, elas percebem a batalha eminente, e decidem não fugir, por pior que seja o seu inimigo, pois consideram que vale a pena lutar para manter a paz.

 

            Hoje, não gostaria de falar necessariamente da série, mas da música de abertura da 2ª temporada, "Time to Say Goodbye". Você pode conferir abaixo a música, e a tradução da letra você vê aqui: https://www.letras.mus.br/rwby/time-to-say-goodbye/traducao.html

  

      Confesso que, desde a primeira vez que vi essa abertura, não pude deixar de fazer diversos links entre ela e nossa realidade eclesiástica. Vivemos num mundo cheio de maldade e corrupção causada pelo pecado; há uma necessidade urgente de pessoas que se levantem das cadeiras confortáveis de suas igrejas e sintam a Missio Dei (missão de Deus) gritando dentro de seus corações.

 

A música começa com a insatisfação: há um momento em que não podemos aguentar mais a situação atual, alguma coisa deve mudar.

 

“Há um ponto de desequilíbrio

Há um ponto em que quebra

Há um ponto em que dobra

E há um ponto que não há como aguentar

Nunca mais”

 

Os chamados para seguir os padrões celestiais jamais conseguirão sentir-se confortáveis num mundo caído e distante de Deus (Romanos 12.1,2). Ao contrário, eles se sentirão impelidos a fazer algo para mostrar a Honra de seu Rei em meio à corrupção que os cerca.

 

“Há uma linha que vamos atravessar

E não há retorno

Há um momento e um lugar

Em que não haverá pontes a queimar

Nunca mais”

 

O cristão inconformado com o mundo deve ir em direção à vontade de Deus, tendo clareza de não voltará em sua decisão; ele não pode olhar para trás, mas mantém o foco e "prossegue para o alvo, para o prêmio da soberana vocação" (Filipenses 3.14). O inconformismo com este mundo faz com que sua convicção seja firme, sabendo que nada aqui poderá satisfazê-lo.

 

Como diz o refrão da música:

 

“Agora é hora de dizer adeus

Às coisas que nós amávamos

E a inocência da juventude

Como o tempo pareceu voar

De nossas vidas despreocupadas

E a solidão e a paz que sempre conhecemos”

 

         A paz que sentimos quando apenas ignoramos o que acontece ao nosso redor é uma ilusão, só vaidade. A Paz verdadeira, a que excede todo o entendimento (Filipenses 4.7), acontece quando estamos no centro da vontade de Deus; e isso é na batalha, na guerra pelo estabelecimento do Reino na terra, até que chegue o momento em que o Senhor nos leve dessa terra para a Sua plena presença. É hora de dizer adeus às coisas que estávamos apegados nessa terra; às futilidades que outrora dávamos tanto valor.

 

“Não podemos esperar, com vidas em jogo

Até que achem que estamos prontos

Nossos inimigos estão se reunindo

E a tempestade está se tornando mortal”

 

        Não podemos esperar até que os religiosos achem que estamos prontos para fazer algo pelo Reino, quando já recebemos uma grande comissão dada pelo Rei dos Reis. Não há tempo para esperar, a hora de pregar a Palavra é agora, aqui nesta terra! Vamos, jovens; deixem sua vã maneira de viver, apeguem-se ao que é Eterno, ao que você poderá dizer sem vergonha diante do Senhor, quando finalmente estiver diante d’Ele para prestação de contas.

 

"Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno." I João 2.14

 

      Não estou incitando algum tipo de rebeldia/rebelião na igreja, como tantos, pois isso é o oposto do que se entende de igreja pela bíblia (I Coríntios 12.12-27). Proponho, na verdade, que os jovens se empenhem em ser exemplo dos fieis na prática da piedade, e que os anciãos deixem o medo da juventude, e passem a enxergá-los como Igreja, juntamente com eles, com toda a sua força dada por Deus sendo usada pelo Reino. Assim, a Igreja, composta pelas crianças, jovens, adultos e idosos, cumprirá muito mais eficazmente o “ide e fazei discípulos”, dado pelo Senhor Jesus!

 

"Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza." I Timóteo 4.12

 

"Nascemos para lutar e morrer?
Sacrificado por uma mentira enorme?
Nós somos heróis mantendo a paz?
Ou somos armas?
Apontada para o inimigo
Para que alguém possa reivindicar uma vitória?"

 

 

As dúvidas surgem, sempre surgem, mas a convicção do Senhor em nossos corações faz com que, assim como a música retorna ao refrão, nos voltemos para o que já sabemos do Senhor: que tudo isso valerá a pena, e que não podemos desistir. Perseveremos, pois, até o fim, firmes e abundantes na obra do Senhor!

 

" Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor." I Coríntios 15.58

 

--

por Alan Keuce

"Seja alguém de quem o mundo não é digno"(paráfrase Hb.11.38)

 

 

Please reload

Siga
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now